SOBRE O PROJETO

Com o propósito de abrir novas oportunidades e perspectivas de trabalho para jovens e adultos de Brumadinho, foi criado o programa CAMINHOS DA ARTE.  

 A Fundação Clóvis Salgado / Palácio das Artes, por meio do Cefart – Centro de Formação Artística e Tecnológica, realiza esse programa de fomento da cena cultural, artística e criativa da cidade. Os participantes poderão adquirir novos saberes e aprender novos ofícios, gratuitamente, por meio de palestras, cursos e oficinas artísticas. 

Trata-se de um tipo de formação que além de oferecer um novo olhar sobre o mundo e a possibilidade de engajamento em novas atividades, dará aos participantes condições de refletirem criticamente sobre a realidade e construírem conscientemente percursos diversos, plurais e mais solidários. 

 “Caminhos da Arte” é um programa da Fundação Clóvis Salgado e da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais que tem a parceria fundamental da Caterpillar e do Instituto Social Sotreq – iSSO, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e de investimentos próprios. São parceiros que acreditam no poder transformador da arte e da cultura. Reconhecem em um projeto de formação artístico e cultural o seu extraordinário impacto social, econômico e humano.

FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO / PALÁCIO DAS ARTES

FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO / PALÁCIO DAS ARTES

A Fundação Clóvis Salgado (FCS) atua nas áreas de produção artística, difusão e formação cultural. Em seus espaços – Palácio das Artes, CâmeraSete – Casa da Fotografia de Minas Gerais e Serraria Souza Pinto, a diversificada programação oferecida atinge diretamente mais de 600 mil pessoas por ano.

 Artes visuais, cinema, dança, literatura, música erudita e popular, ópera e teatro são algumas das possibilidades de fruição, produção e formação incorporadas e reconhecidas na essência da Fundação Clóvis Salgado.

 Em permanente diálogo entre tradição e contemporaneidade, a atuação de seus Corpos artísticos – Cia. de Dança Palácio das Ates, Coral Lírico e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais – permite a realização de grandes produções operísticas, concertos, espetáculos de dança contemporânea e performances.

 Ao completar 50 anos em 2020, impossível não lembrar da contribuição de cada maestro, diretores, artistas, curadores, produtores, gestores, pesquisadores, professores, servidores administrativos e estudantes que por lá passaram, deixando recordações e muita, muita emoção.

 E é exatamente a emoção, presente em todos os espaços da FCS, que une o público intenso e diversificado à Instituição, que tem a nobre missão de contribuir para a democratização do acesso à cultura e que está carinhosamente acolhida no coração de cada mineiro e brasileiro.

 Essa atuação complexa e transversal faz da Fundação Clóvis Salgado uma das instituições únicas no mundo e a torna estratégica para implementação e execução de políticas públicas de cultura para o desenvolvimento humano, econômico e social.

CENTRO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA E TECNOLÓGICA - CEFART

CENTRO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA E TECNOLÓGICA - CEFART

O Centro de Formação Artística e Tecnológica – Cefart, da Fundação Clóvis Salgado, é responsável por promover a formação em diversas linguagens no campo da arte e em tecnologia do espetáculo.

 Referência em formação artística em Minas Gerais, o Cefart possui amplo e inovador Programa Pedagógico para profissionalizar e inserir jovens talentos no mercado de trabalho da cultura e das artes. Diversas gerações de artistas e técnicos foram formadas ao longo dos quase 50 anos de atividades, com forte impacto no fazer artístico do estado. Um dos aspectos mais valiosos dessa formação é a possibilidade da vivência prática dos alunos nos espaços profissionais do Palácio das Artes, onde está sediada uma de suas unidades.

 São oferecidas, gratuitamente, oportunidades democráticas de acesso à formação cultural diversa, por meio de Cursos Técnicos, Básicos e de Extensão, com grande repercussão social. Em 2019, mais de 2.300 matrículas foram realizadas, em um rico processo formativo.

 São inúmeras as possibilidades de atuação dos alunos, ao longo de amplo calendário anual. Para estimular a prática do fazer artístico, foram criados grupos jovens, como Big Band Cefart, Branda Sinfônica, Orquestra Jovem, Coral Infantojuvenil e Grupo de Choro, dos quais participam mais de 200 alunos, além de projetos de pesquisa e apresentações artísticas diversas. São oferecidas, ainda, várias atividades gratuitas, destinadas a diferentes públicos, bem como foi ampliada a oferta virtual de conteúdos culturais formativos.

 Além dos estúdios e salas de aula no Palácio das Artes, o Cefart mantém unidade também na Praça da Liberdade, integrada ao Circuito Cultural, e na região da Praça da Estação, o Cefart Andradas (em reformas).